A cirurgia do nariz, também conhecida como rinoplastia é um dos processos cirúrgicos estéticos mais procurados. Seja por pessoas que desejam melhorar a harmonia da face, ou até mesmo por pacientes que possuem problemas de saúde devido ao formato do nariz.

Por isso é possível afirmar que esse é um procedimento cirúrgico que visa melhorar tanto a aparência do nariz como sua funcionalidade. Contudo, por conta da sua complexidade, esse tipo de cirurgia precisa de uma série de cuidados, além de um profissional especializado na área durante todo o processo.

Como é feita a cirurgia do nariz?

A rinoplastia clássica era o método mais utilizado para a cirurgia do nariz. Esse processo consiste basicamente na separação da pele do osso. O cirurgião irá esculpir a cartilagem de modo que a pele se adapte a nova forma desejada. Esse recurso dura em média de duas a três horas, dependendo do nível de complexidade.

Porém, a técnica mais atual para a cirurgia do nariz é a rinoplastia estruturada. Esse procedimento é baseado na separação de todos os componentes. Nessa cirurgia é retirado apenas o necessário, pegando a cartilagem do septo para reconstruir e reforçar toda a estrutura do nariz. Dessa maneira, evita-se que as forças cicatriciais causem sequelas ao longo prazo.

Antes da realização do procedimento o paciente passa por um processo de avaliação feito pelo cirurgião. Nele, o especialista irá analisar os ângulos nasais, a proporção da face e outras características de modo a verificar qual o melhor formato que melhore não apenas a estética, mas a qualidade de vida.

Por conta disso é essencial contar com um cirurgião plástico especializado em cirurgia do nariz. A rinoplastia é praticamente um processo artesanal, já que o médico irá esculpir o novo formato. Logo, é necessária competência total no assunto.

Quais são os cuidados no pré e no pós-operatório da cirurgia do nariz?

Além da avaliação por parte do cirurgião, no pré-operatório é importante que o paciente tire todas as suas dúvidas, principalmente em relação ao formato final. Nessa fase que antecede a operação, o cirurgião irá também avaliar as condições de saúde do paciente.

Esse procedimento pode ser realizado em pacientes com menos de 18 anos, desde que o paciente já esteja com a estrutura corporal completamente desenvolvida. Além disso, vários exames serão realizados, desde testes de sangue até eletrocardiograma.

Por sua vez, depois da cirurgia do nariz também são necessários cuidados. No caso de quem fuma, por exemplo, é necessário parar totalmente com o vício por pelo menos duas semanas depois da cirurgia, uma vez que o cigarro pode prejudicar a cicatrização.

O curativo, normalmente, é uma placa de gesso ou uma fita que deve ser mantida por uma semana. Isso é feito para manter todas as estruturas no lugar, evitando o inchaço delas. Importante ressaltar que caso o paciente fique gripado ou até mesmo consuma mais bebidas alcoólicas antes da cirurgia, ele pode ser impedido de realizar a operação, uma vez que essas condições prejudicam a coagulação.

Se você deseja melhorar a aparência ou até mesmo a funcionalidade do nariz, tendo mais facilidade para respirar e sentir odores, não deixe de procurar um cirurgião especializado em cirurgia do nariz. Ele poderá avaliar o seu caso e dar todas orientações necessárias.