As rugas e o bigode chinês começaram a incomodar? Os lábios finos afetam a sua autoestima? Saiba, há uma solução para os seus problemas: O preenchimento cutâneo. Acompanhe o nosso conteúdo e descubra o que é e como funciona. Confira!!!

O que é o preenchimento cutâneo?

O preenchimento cutâneo consiste em um tratamento que corrige as marcas de expressão, sulcos faciais, rugas e sinais de envelhecimento. Ele também é utilizado para aumento do volume labial, contorno facial e redução de cicatrizes de acne.

Para a realização do procedimento, são utilizadas substâncias abaixo da pele. As substâncias não modificam a expressão facial, como ocorre com a toxina botulínica (botox). Elas se movimentam junto à pele, mantendo o aspecto natural do rosto.

Existe um tipo de preenchimento cutâneo indicado que é o temporário. Entenda:

Temporários

  • Através da gordura do próprio corpo: A coleta é feita por meio de lipoaspiração e a gordura será injetada nas regiões a serem corrigidas no rosto. Embora elimine o risco de reações alérgicas ou rejeição, nem todas as células de gordura sobreviverão.

Em alguns casos, há reabsorção do organismo ao transplantar gordura de uma região para a outra, por isso, acrescenta-se uma quantia a mais, que gera um aspecto anormal ao rosto nos primeiros dias, mas é rapidamente alterado para o aspecto desejado.

  • Ácido Hialurônico: A substância também é produzida pelo próprio corpo, nos tecidos conjuntivos moles, presentes em algumas cartilagens, e no contorno dos olhos e articulações.
  • Hidroxiapatita de cálcio: A hidroxiapatita é também encontrada em nosso organismo. Presente no osso humano, é mais denso que o hialurônico e que a gordura, e serve bem às marcas mais profundas e para realizar o contorno do rosto.
  • Ácido Poliáctico: Diferente dos demais, o ácido poliáctico é sintético e os seus resultados não são imediatos, uma vez que é usado para o estímulo da produção de colágeno. São indicados para reduzir linhas de riso, preenchimento de sulcos nasolabiais e aumento dos lábios.

Os resultados do preenchimento cutâneo duram entre 15 e 18 meses, dependendo do material utilizado no procedimento e da absorção por parte do organismo do indivíduo.

Como funciona o preenchimento cutâneo

O primeiro passo para a realização do preenchimento cutâneo é a avaliação cirúrgica. Neste momento, serão analisados o rosto e tom de pele para decidir onde será injetada a substâncias. São feitas, então, marcas dos pontos de aplicação.

Após a devida higienização, é aplicado anestésico tópico para evitar desconforto durante a aplicação da substância do preenchimento, podendo ainda ser acrescido o anestésico à própria substância quando em casos de preenchimento profundo.

Após o término, é feita a limpeza da área e as bolsas de gelo são utilizadas na região para redução do desconforto causado pelas injeções.

Dependendo da substância e pontos de aplicação, é realizado em segundos. De forma mais ampla, não ultrapassa o intervalo de poucos minutos.

Após o preenchimento cutâneo a maquiagem pode ser utilizada para disfarçar as marcas, mas com bastante cuidado para não movimentar a substância aplicada.