Braquioplastia

A braquioplastia é indicada para pacientes com flacidez na região dos braços. Isso pode ocorrer devido a maus hábitos alimentares, sedentarismo ou fatores genéticos. Muitas vezes esse problema estético nos braços pode incomodar e gerar insegurança.

Conheça mais detalhes

Se você tem gorduras localizadas e flacidez nos braços que popularmente é conhecida como a “asa de morcego”, a chamada braquioplastia ou lifting branquial pode ser a solução.

Com duas horas de duração, a cirurgia é feito sob anestesia local e sedação. Durante o procedimento, o cirurgião faz uma incisão na parte interna do braço e assim retira os excessos de pele e de gordura do local.

É comum que a braquioplastia também possa ser complementada com outros procedimentos, e, nestes casos, o paciente também passa por uma anestesia geral.

É importante lembrar que a cirurgia fica numa região muito exposta e, por isso, é comum que as cicatrizes apareçam até o período de recuperação completo que pode variar entre um e dois anos.

Qual a melhor técnica?

Muita gente se pergunta se a braquioplastia é a melhor solução, e de fato, esta é uma dúvida muito pertinente. No momento da avaliação, o cirurgião pode avaliar junto com o paciente qual a melhor opção. Em alguns casos, o aumento da gordura pode ser resolvido com uma lipoaspiração.

Em outros, uma alimentação balanceada e hábitos saudáveis podem resolver o problema. Mas se nada funcionar, a braquioplastia é uma opção que traz resultados muito positivos. É importante entender o processo e tirar as dúvidas com um especialista de confiança.

Cuidados

Após a cirurgia, os pacientes devem ficar de repouso num período de três a cinco dias. Além disso, é necessário manter os braços perto do corpo num período de até três semanas. É bom evitar esforço físico na região durante o primeiro mês para que a cicatrização dos tecidos ocorra sem o alargamento das cicatrizes.

O paciente também deve usar cintas de compressão durante um ou dois meses para que o inchaço da região operada seja reduzido. E por fim, se houver possibilidades, a drenagem linfática é uma boa ideia para otimizar a absorção do edema nesta fase de recuperação.

Certificações
Certificações
Certificações
Certificações
Certificações
Certificações
Certificações
Agende agora mesmo seu horário com o Dr. Thomas Benson