Sobre a cirurgia

Conheça mais detalhes

A chamada “orelha de abano” que provoca desproporção no tamanho e no formato das orelhas é um problema que atinge de 2% a 5% da população de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Para corrigir este problema, a otoplastia é a cirurgia plástica mais indicada. Na prática, a otoplastia é realizada por meio de uma incisão atrás da orelha. Durante a cirurgia, o médico tira uma pequena parte da cartilagem e faz todo um processo para que as orelhas fiquem na posição mais adequada possível, aproximando as orelhas da cabeça.

Após o fechamento das incisões, coloca-se um curativo ao redor das orelhas por um período de 24 horas para proteger a região operada.

Os resultados da otoplastia em geral são muito positivos e a cirurgia não deixa cicatrizes profundas, considerando que os pontos ficam escondidos atrás das orelhas. Porém, vale lembrar que não é todo caso que terá 100% de simetria, afinal, a própria natureza é assimétrica.

Como e quando fazer

Quanto mais cedo a cirurgia for feita, melhor será o resultado. É comum que pais fiquem com receio em qual a melhor hora para realizar a otoplastia em crianças que já nasceram com as orelhas proeminentes, e não é à toa, afinal a otoplastia é uma intervenção cirúrgica.

Contudo, a faixa etária dos 5 aos 7 anos é bastante indicada para a cirurgia, pois nesta fase a orelha da criança está totalmente formada e com o passar do tempo, a desproporção e o incômodo pode ser ainda maior.

Cuidados pós-operatórios

Quando o cirurgião fecha as incisões, automaticamente a pessoa fica com um curativo ao redor da cirurgia em forma de capacete por um período de 24 horas. Depois deste tempo, o capacete é substituído por uma faixa de compreensão que precisa ficar no local durante um mês e para manter o sucesso da cirurgia a pessoa precisa naturalmente ter alguns cuidados. São eles:

  • Evitar exposição ao sol;
  • Não praticar esportes;
  • Evitar mexer e coçar a região;

Ao seguir essas orientações, o paciente evita que os pontos se rompam, além de infecções e possibilidade de uma nova cirurgia.


Hospitais

Excelentes hospitais para cirurgia plástica

Escolher um excelente hospital, com toda a infraestrutura necessária garante uma cirurgia de qualidade e uma excelente experiência ao paciente. Hoje em dia para o processo da cirurgia plástica, um hospital de qualidade é tão importante quanto uma equipe especializada e experiente.

Thomas benson
Hospital Israelita Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein é visto como um dos melhores hospitais da América Latina e tratando-se de cirurgia plástica, possui ótima estrutura oferecendo toda a segurança que o paciente e o cirurgião plástico necessitam.

Thomas benson
Hospital Moriah

O Hospital Moriah que iniciou os trabalhos em 2016 veio para concorrer com os melhores hospitais da cidade. O hospital tem excelente infraestrutura, inclusive UTI, Centro de Diagnóstico e preços mais atraentes.