Sobre a cirurgia

Conheça mais detalhes

O principal diferencial do Lifting Facial Deep Plane, como o próprio nome sugere, é a atuação em uma camada mais profunda dos músculos. Ela atua diretamente entre o sistema SMAS, ou Sistema Músculo-Aponeurótico Superficial, que provoca os sinais de envelhecimento facial e a camada muscular mais profunda, responsável pela expressão facial. O principal objetivo do Lifting Facial Deep Plane está na liberação e reposicionamento das camadas musculares e de gordura, sem provocar tensão nos tecidos, resultando em uma aparência mais jovem e sem o aspecto de “pele esticada”.

Em geral, os ligamentos dos tecidos da face são liberados para um reposicionamento natural em todo o rosto e pescoço, restaura a forma e o volume das bochechas sem a necessidade da aplicação de preenchimento ou gordura. Também são liberados os ligamentos que prendem a mandíbula para que ela possa ser levantada, criando uma aparência de linha da mandíbula mais lisa e nítida. Além da face, também é utilizada em conjunto com a cervicoplastia, permitindo um maior refinamento da área do pescoço e linha do maxilar com resultados mais duradouros.

Deep Plane vs Liftings tradicionais

Uma das maiores preocupações dos pacientes está na busca por resultados mais naturais, sem a aparência esticada comum às técnicas tradicionais. A razão para isso é que em outras técnicas mais comuns apenas as camadas mais superficiais da pele são reposicionadas e suturas são aplicadas para levantar o conjunto de músculos SMAS, deixando a pele com aspecto mais firme porém sem eliminar o problema de bochechas caídas.

Como resultado, muitos cirurgiões acabam realizando a correção por meio de lipoenxertia, muitas vezes fazendo com que as bochechas evidenciem a correção.

Além de resultados mais naturais, a recuperação de um Lifting Facial Deep Plane é mais rápida e simples. É comum em outros tipos de lifting facial o rompimento de vasos sanguíneos, o que ocasiona hematomas maiores e recuperação mais lenta.

Recuperação e cicatrizes

A recuperação após um Lifting Facial Deep Plane geralmente envolve poucos hematomas e uma recuperação mais rápida por não existir cortes em vasos sanguíneos entre o músculo e a pele. Alguns hematomas e inchaço ao redor das áreas reposicionadas podem aparecer nos primeiros dias e desaparecerão gradualmente.

Alguns medicamentos para dor podem ser prescritos para ajudar o paciente a se sentir mais confortável durante o processo de cicatrização. Também é importante o uso de compressas frias para aliviar o inchaço, além do descanso para a recuperação.

O Lifting Facial Deep Plane possui incisões que cicatrizam com mínima ou nenhuma cicatriz visível. Como nesta técnica a pele não é separada dos músculos, não há tensão nas linhas de incisão depois que são fechadas, o que permite que a incisão cicatrize como uma linha imperceptível.

Principais benefícios do Lifting Facial Deep Plane

  • Menor tempo cirúrgico
  • Resultados mais naturais
  • Restauração do volume natural
  • Remoção do excesso de pele
  • Pele mais lisa e com aspecto jovem
  • Recuperação mais rápida
  • Cicatrizes imperceptíveis
  • Resultados mais duradouros

Hospitais

Excelentes hospitais para cirurgia plástica

Escolher um excelente hospital, com toda a infraestrutura necessária garante uma cirurgia de qualidade e uma excelente experiência ao paciente. Hoje em dia para o processo da cirurgia plástica, um hospital de qualidade é tão importante quanto uma equipe especializada e experiente.

Thomas benson
Hospital Israelita Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein é visto como um dos melhores hospitais da América Latina e tratando-se de cirurgia plástica, possui ótima estrutura oferecendo toda a segurança que o paciente e o cirurgião plástico necessitam.

Thomas benson
Hospital Moriah

O Hospital Moriah que iniciou os trabalhos em 2016 veio para concorrer com os melhores hospitais da cidade. O hospital tem excelente infraestrutura, inclusive UTI, Centro de Diagnóstico e preços mais atraentes.

Perguntas frequentes

Conheça as dúvidas mais comuns

Com tantas opções de cirurgias plásticas, algumas dúvidas são comuns e frequentes sobre esse tipo de procedimento. Para facilitar, reunimos as principais dúvidas. Caso você tenha outras perguntas, não deixe de agendar sua avaliação!

É inevitável, a partir do momento em que se faz um corte ou incisão na pele, existirá uma cicatriz. No entanto, existem medidas a serem tomadas – durante e após a cirurgia – para deixá-las menos aparentes.

As incisões do lifting facial são tão bem posicionadas na região da orelha que assim que o inchaço cessar, as cicatrizes estarão totalmente imperceptíveis.

A estimativa média é de que a pessoa possa retornar às atividades sociais em até 2 semanas, nesse período já será possível esconder quase que praticamente qualquer indício do procedimento, uma vez que as cicatrizes estarão imperceptíveis e com o mínimo de inchaço, que pode persistir por 1 a 2 meses.

Com os avanços em medicamentos e na tecnologia de equipamentos para controle e monitoramento do paciente, a anestesia geral se tornou a mais segura quando bem indicada.

Hoje em todos os procedimentos maiores, a anestesia geral é a melhor escolha de anestesia. Ela é superior a muitas outras alternativas oferecidas. A anestesia geral realizada num centro cirúrgico moderno, com equipamentos e medicações de última geração.

Dessa forma podemos oferecer mais segurança, um melhor monitoramento, um melhor controle da própria anestesia, bem como melhor conforto para o paciente.

Para esta cirurgia facial os curativos não são utilizados para evitar com que molhem, uma vez que o principal meio de recuperação para este procedimento é através das compressas frias que ajudam a diminuir o inchaço.

O tempo de internação pode variar com o tipo de procedimento facial escolhido, porém, é comum a alta ocorrer no dia seguinte à cirurgia. Isso acontece para que seja possível realizar alguns procedimentos que auxiliam na recuperação logo no hospital, como uma drenagem linfática que ajuda e melhora o aspecto e a sensação do paciente.

Assim como qualquer outro procedimento médico, a cirurgia plástica possui certos riscos. Contudo, existem sempre diversas formas de diminuir esses riscos para que a cirurgia seja segura.

Além de uma equipe extremamente capacitada, a utilização de equipamentos de alta tecnologia facilitam o controle de qualquer situação. Alguns dos equipamentos utilizados em todas as cirurgias para manter a segurança dos nossos pacientes são:

Mantas térmicas
Utilizamos as mantas térmicas para que o paciente esteja sempre aquecido e com a temperatura corporal estabilizada. Isso garante maior tranquilidade e mais segurança no procedimento cirúrgico.

Meias elásticas e massageador
Em todas as cirurgias nossos pacientes utilizam as meias elásticas em conjunto com o Massageador de Compressão Pneumática (SCD) nas pernas, o que previne complicações no sistema circulatório.

Monitorização do Índice Bi-Espectral
A monitorização do Índice Bi-Espectral (BIS) é um sistema que analisa continuamente electroencefalogramas para determinar o nível de consciência dos pacientes, estabilizando-a sempre que necessário.

Os cuidados realizados na cirurgia e no pós-operatório amenizam tanto a dor como o inchaço. Com os cuidados adequados aliado à aplicação de compressas frias, é possível observar que o inchaço se mantém mínimo.

Tanto quanto uma boa técnica cirúrgica, como seguir as orientações do seu cirurgião são decisivas para obter os melhores resultados possíveis após a alta hospitalar.

Caso tenha em mente realizar algum procedimento cirúrgico, consulte nossa equipe para esclarecer todas as particularidades envolvidas no processo de recuperação.