Sobre a cirurgia

Conheça mais detalhes

Assim como a lipoaspiração, a abdominoplastia é uma cirurgia que pode ser utilizada para  remodelar a região do abdômen. Muito indicada para pacientes que passaram por uma gravidez recente ou fizeram uma cirurgia bariátrica, a abdominoplastia consiste no tratamento do excesso de pele, da gordura localizada e da correção do afastamento dos músculos que ficam no abdome.

A cirurgia dura em média 3 horas e durante este período o médico precisa fazer uma incisão inferior do abdome. Depois dessa incisão, a pele e a gordura são separadas da parede muscular e, desta forma, é possível aproximar os músculos que reforçam a parede abdominal. Feito isso, o cirurgião retira o excesso de pele e de gordura e fecha a incisão.

Antes e depois da cirurgia

Antes da cirurgia, o paciente deve evitar o consumo de medicamentos, o uso de cigarros e bebidas e seguir a regra do jejum total oito horas antes da cirurgia. Depois da alta (geralmente o paciente pode ir para casa no dia seguinte à cirurgia), o repouso pode variar de 10 dias a dois meses, mas independentemente deste tempo, é necessário seguir alguns cuidados para que a abdominoplastia tenha os melhores resultados possíveis. São eles:

– Dormir de barriga para cima e com as pernas sempre flexionadas (pelo menos nos primeiros 15 dias);

– Tomar banho de chuveiro é possível já no dia seguinte. E a equipe cirúrgica realiza a troca de curativos após 4 dias;

– Usar cinta modeladora e meias de compressão (a cinta modeladora deve ser retirada apenas para tomar banho, porque é ela que alivia as dores e evita que as cicatrizes sejam complicadas). No caso, das meias de compreensão, a retirada só pode ser feita quando a pessoa retorna as atividades diárias;

– Troca de curativo (a primeira troca deve ser feita 4 dias depois da cirurgia, pela equipe médica, de forma delicada, seguindo as orientações médicas);

– Exercícios físicos leves (não é recomendado que o paciente pegue peso após a cirurgia, mas neste caso, é bom movimentar as penas a cada duras horas para evitar coágulos na região operada).


Hospitais

Excelentes hospitais para cirurgia plástica

Escolher um excelente hospital, com toda a infraestrutura necessária garante uma cirurgia de qualidade e uma excelente experiência ao paciente. Hoje em dia para o processo da cirurgia plástica, um hospital de qualidade é tão importante quanto uma equipe especializada e experiente.

Thomas benson
Hospital Israelita Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein é visto como um dos melhores hospitais da América Latina e tratando-se de cirurgia plástica, possui ótima estrutura oferecendo toda a segurança que o paciente e o cirurgião plástico necessitam.

Thomas benson
Hospital Moriah

O Hospital Moriah que iniciou os trabalhos em 2016 veio para concorrer com os melhores hospitais da cidade. O hospital tem excelente infraestrutura, inclusive UTI, Centro de Diagnóstico e preços mais atraentes.

Perguntas frequentes

Conheça as dúvidas mais comuns

Com tantas opções de cirurgias plásticas, algumas dúvidas são comuns e frequentes sobre esse tipo de procedimento. Para facilitar, reunimos as principais dúvidas. Caso você tenha outras perguntas, não deixe de agendar sua avaliação!

É inevitável, a partir do momento em que se faz um corte ou incisão na pele, existirá uma cicatriz. No entanto, existem medidas a serem tomadas – durante e após a cirurgia – para deixá-las menos aparentes.

A cicatriz da abdominoplastia é extremamente bem posicionada, ela acompanha a marca do biquini, o que ajuda a torna-la ainda mais imperceptível. Desde a parte cirúrgica, as suturas e até no pós-operatório, são tomados diversos cuidados para que uma boa cicatrização ocorra dentre 6 a 8 semanas após a cirurgia.

O principal objetivo é de 1 ano de pós-operatório, a paciente tenha evoluído com uma cicatriz muito fina, quase imperceptível.

Os resultados do procedimento já são perceptíveis desde logo após a cirurgia, porém a maior parte do inchaço desaparece em até 3 semanas de pós-operatório. O resultado final do procedimento aparece de 6 a 12 meses de pós-operatório.

Com os avanços em medicamentos e na tecnologia de equipamentos para controle e monitoramento do paciente, a anestesia geral se tornou a mais segura quando bem indicada.

Hoje em todos os procedimentos maiores, a anestesia geral é a melhor escolha de anestesia. Ela é superior a muitas outras alternativas oferecidas. A anestesia geral realizada num centro cirúrgico moderno, com equipamentos e medicações de última geração.

Dessa forma podemos oferecer mais segurança, um melhor monitoramento, um melhor controle da própria anestesia, bem como melhor conforto para o paciente.

Sim, os curativos aplicados são trocados uma vez por semana. Os curativos de micropore poderão ser molhados durante o banho. Após o banho, secar os curativos com toalha e um secador morno a uma distância segura. Os pontos serão retirados por etapas, no consultório, na mesma ocasião em que serão trocados os curativos. A troca de curativos leva em média 4 a 8 semanas, para que a cicatrização ocorra da melhor forma, menor e mais fina possível.

É indicado evitar a exposição das cicatrizes ao sol nos primeiros meses, mesmo com protetor solar.

Isso acontece pois as cicatrizes não possuem a mesma quantidade de pigmentos para proteger a pele da ação dos raios solares e sob exposição, elas estão propensas a escurecer, portanto é muito importante a utilização diária do protetor solar sobre a área operada.

Assim como qualquer outro procedimento médico, a cirurgia plástica possui certos riscos. Contudo, existem sempre diversas formas de diminuir esses riscos para que a cirurgia seja segura.

Além de uma equipe extremamente capacitada, a utilização de equipamentos de alta tecnologia facilitam o controle de qualquer situação. Alguns dos equipamentos utilizados em todas as cirurgias para manter a segurança dos nossos pacientes são:

Mantas térmicas
Utilizamos as mantas térmicas para que o paciente esteja sempre aquecido e com a temperatura corporal estabilizada. Isso garante maior tranquilidade e mais segurança no procedimento cirúrgico.

Meias elásticas e massageador
Em todas as cirurgias nossos pacientes utilizam as meias elásticas em conjunto com o Massageador de Compressão Pneumática (SCD) nas pernas, o que previne complicações no sistema circulatório.

Monitorização do Índice Bi-Espectral
A monitorização do Índice Bi-Espectral (BIS) é um sistema que analisa continuamente electroencefalogramas para determinar o nível de consciência dos pacientes, estabilizando-a sempre que necessário.

Não há dores no pós-operatório e isso acontece devido a prescrição de medicações específicas para a dor. A cirurgia da abdominoplastia é um pouco mais desconfortável comparada à de outras regiões pois a frequência de movimentos nessa região é maior, porém o desconforto permanece apenas na 1ª semana de pós-operatório, desaparecendo quase completamente na 2ª semana. Na 3ª ou 4ª semanas, o paciente já retorna à sua vida normal.

Tanto quanto uma boa técnica cirúrgica, como seguir as orientações do seu cirurgião são decisivas para obter os melhores resultados possíveis após a alta hospitalar.

Caso tenha em mente realizar algum procedimento cirúrgico, consulte nossa equipe para esclarecer todas as particularidades envolvidas no processo de recuperação.