Você sabia que o lifting mamário, também conhecido como mastopexia, é uma técnica de elevação dos seios. E que tem sido essencial para restaurar a confiança e autoestima de muitos pacientes pelo mundo. E é justamente sobre essa técnica que abordaremos nesse post.

Por isso, continue lendo para saber como o procedimento acontece e quais as principais técnicas existentes de lifting de mama. Confira!!!

Para que serve o lifting mamário?

O lifting mamário é um procedimento cirúrgico utilizado para tratar casos de Ptose das mamas. Que é quando elas ficam flácidas e perdem a nivelação.

Existem três tipos básicos de Ptose, que podem ser tratadas com o lifting de mama.

  • Leve

Quando o seio ainda não está muito flácido e possui pouca perda de sustentabilidade.

  • Moderada

Quando o seio possui maior flacidez, o que leva a uma maior queda visual da mama.

  • Acentuada

Quando o seio tem bastante flacidez, e fica com os mamilos totalmente direcionados para o chão. Bem abaixo nos níveis esteticamente aceitáveis pelas pacientes.

Tipos de técnicas de lifting de mama

Atualmente são utilizadas quatro técnicas básicas de lifting mamário. Para que sejam realizados os procedimentos de elevar as mamas e deixá-las novamente firmes e sustentadas.

  • Periareolar

Técnica de lifting de mama que realiza uma incisão em toda pele, na volta inteira da aréola da mama. Trazendo um leve levantamento dela. É pouco invasiva e indicada, portanto, para quem possui mamas não muito grandes e ptose de grau leve.

  • Vertical

Já a técnica vertical realiza uma incisão maior na mama. Que vai em volta da auréola e finaliza com um corte para baixo.

Como o corte é mais profundo, a técnica já é mais invasiva. Portanto, sendo recomendada para mulheres de seios grandes e ptose de moderada a acentuada, elevando grandemente os seios.

  • Âncora

Este tipo de lifting de mama realiza uma grande incisão em formato de âncora, indo da parte superior do mamilo, até as partes laterais e inferiores dele.

Mesmo sendo bastante invasiva, a técnica é a única opção para pacientes com ptose acentuada nas mamas. Porque é capaz de realmente elevar os seios.

Como é o procedimento de lifting de mama?

Em um procedimento de lifting mamário, o cirurgião fará as incisões conforme a demarcação e o tipo de técnica. Em muitas vezes, o cirurgião separa toda a pele da glândula do músculo. Depois, ele modela novamente a glândula para ficar redonda e alta. Podendo ser até compatível com uma prótese. E por cima disso ele retira a pele e a sobra de pele, fazendo o corte e depois a costura.

Pós operatório

O pós operatório de um lifting mamário geralmente inclui 12 horas de internação. Além do uso de malha de compressão para ajudar no controle do inchaço e sustentar os seios enquanto cicatrizam. Ou seja, isso é importante para sustentar as mamas e não fazer peso em cima dos cortes.

Espere ainda algumas dores e hematomas, sendo essencial que se evite a prática de atividades físicas. Além da exposição ao sol, e a não realização de movimentos bruscos com os braços, nem mesmo levantá-los.

Por fim, não evite consultas após o procedimento de lifting de mama, e sempre que verificar inconsistências procure o seu médico, para que tudo corra bem!

Dê uma olhada em nosso blog para ter acesso a outros conteúdos relevantes. Clique Aqui!