Muitas pessoas não se sentem satisfeitas com a aparência do próprio corpo. E por conta disso, é comum a busca de métodos para emagrecer com cirurgia.

Existem sim procedimentos cirúrgicos que podem promover a perda de peso, ou que podem auxiliar na definição do corpo. Contudo, é muito importante saber a diferença dessas operações.

Emagrecer com cirurgia: a diferença da cirurgia plástica para a bariátrica

A bariátrica, que é popularmente conhecida como cirurgia de emagrecimento, é um procedimento cirúrgico que visa reduzir o tamanho do estômago do paciente, fazendo assim que ele coma menos. Mas, durante esse tipo de operação, o cirurgião também pode remover grandes quantidades de gorduras acumuladas.

Por sua vez, as cirurgias plásticas não têm como objetivo principal o emagrecimento. Na verdade, geralmente esse tipo de procedimento é indicado quando há um excesso de pele/gordura que gera flacidez, ou, quando é necessário melhorar o contorno corporal.

Contudo é preciso ter em mente que um emagrecimento necessita não apenas de procedimentos, mas, de uma reeducação alimentar, juntamente com um cronograma de atividades físicas orientado por um profissional.

Ou seja, o paciente precisa verdadeiramente mudar o estilo de vida.

É possível realizar várias cirurgias para auxiliar no emagrecimento?

É possível realizar mais de um procedimento para emagrecer com cirurgia? Sim, é muito comum que várias cirurgias sejam realizadas em conjunto para auxiliar o paciente a alcançar a definição corporal. Por exemplo, no caso de pessoas que perderam muito peso por conta de uma reeducação alimentar, é normal que os pacientes procurem por lipoaspiração. Ou outro tipo de procedimento para retirar o excesso de gordura que acaba se acumulando mesmo depois do emagrecimento.

Outro caso muito comum é com pessoas que passaram pela cirurgia bariátrica. Esse tipo de procedimento cirúrgico faz com que a pessoa perca muito peso de uma única vez.

Além disso, por conta da redução do estômago, a tendência é que o paciente emagreça ainda mais em um curto espaço de tempo. No entanto, depois que o peso se estabiliza, o paciente acaba sofrendo com o excesso de pele acumulada, que, inclusive, acaba representando uma boa parte do peso corporal.

Nesse tipo de situação torna-se necessária a realização da cirurgia plástica pós-bariátrica. Nela, o cirurgião plástico irá retirar todo o excesso de gordura e pele que está gerando a flacidez.

Ele também irá melhorar o contorno corporal. Podendo, inclusive, usar parte da gordura retirada para o preenchimento de outras regiões. Exemplo: os glúteos. Mas é importante ressaltar que esse procedimento só pode ser realizado depois que a pessoa já está com o seu peso totalmente estabilizado.

Outro ponto importante é que depois de emagrecer com cirurgia, o paciente precisa continuar com um estilo de vida saudável. Isso porque, se ele não continuar com os bons hábitos, corre o risco de voltar a ganhar peso, perdendo assim todos os resultados das operações.

É importante que qualquer pessoa que queira emagrecer com cirurgia busque um médico. Isso porque, apenas um especialista poderá avaliar o seu caso e indicar a melhor abordagem. Então, não deixe de entrar em contato com nossa equipe.

Dê uma olhada em nosso blog para ter acesso a outros conteúdos relevantes. Clique Aqui!