Com os avanços da medicina, vários tipos de cirurgia mamária surgiram para várias finalidades. Desde aumentar e diminuir os seios, até reconstruí-los por conta de remoções ocasionadas por câncer de mama.

Além disso, muita gente não sabe, mas também existem procedimentos do gênero voltados para homens que sofrem de ginecomastia. Esse é um distúrbio caracterizado pelo crescimento excessivo das mamas do homem.

E para quem está buscando saber mais sobre os tipos de cirurgia mamária, seja por questões de estética ou saúde, abaixo nós listamos alguns dos procedimentos mais populares.

Mamoplastia de aumento

Esse é um dos tipos de cirurgia mamária mais conhecidos. A finalidade do procedimento é aumentar o tamanho das mamas.

Ele pode ser realizado tanto por mulheres que têm os seios pequenos e que a autoestima é diretamente prejudicada por conta disso, ou por paciente que acabaram perdendo o volume natural das mamas, que pode ocorrer tanto por uma gestação como pelo processo de envelhecimento.

Em ambos os casos são utilizadas próteses de silicone para aumentar ou repor o volume. O tamanho pode variar tanto pelo desejo da paciente como pelas orientações do cirurgião. As próteses podem ser colocadas tanto por cima como por baixo do músculo da mama.

Mamoplastia redutora

Mais um dos tipos de cirurgia mamária comum é o de redução. Esse procedimento é indicado para mulheres que possuem seios grandes demais a ponto de serem desproporcionais ao corpo ou até mesmo de sobrecarregarem a coluna, gerando assim dores e outros distúrbios no local.

Existe uma versão desse procedimento para homens, chamada de ginecomastia.

Tanto na versão feminina como na masculina o excesso de pele e gordura é removido de modo que as mamas fiquem com o tamanho adequado para cada caso.

Tipos de cirurgia mamária: Mastopexia

Também chamada de lifting da mama essa cirurgia tem como objetivo levantar os seios, trazendo um aspecto mais firme e jovial. Ele geralmente é indicado para pacientes que sofrem com mamas caídas e plásticas.

Esse tipo de aspecto geralmente ocorre por conta do processo natural de envelhecimento. Mas, ele também pode ocorrer por conta de oscilações no peso e por conta da amamentação. Nesse caso o especialista irá remover o excesso de pele e remodelar o tecido mamário.

Cirurgia para reconstrução dos seios

Como o próprio nome diz, esse procedimento tem como objetivo reconstruir o tamanho, volume e aparência dos seios. Essa cirurgia, na grande maioria das vezes, é indicada para pacientes que tiveram parte ou toda a mama removida por conta do câncer de mama.

No entanto, essa também é uma alternativa para mulheres que têm os mamilos ou aréolas desproporcionais ou assimétricos. Nesse caso, ela é realizada justamente para harmonizar o aspecto dos seios.

Por existirem vários tipos de cirurgia mamária, o ideal é sempre procurar um cirurgião especializado para avaliar o seu caso. Ele fará vários testes e avaliações e assim verificar qual o procedimento mais adequado.