A redução da mama, também conhecida como mamoplastia redutora, é uma cirurgia que tem como foco a diminuição do tamanho e/ou volume das mamas. Ela geralmente é realizada em mulheres que sentem desconfortos por conta do tamanho dos seios, como dores nas costas e pescoço.

Mas, ela também pode ser realizada com fins estéticos. E apesar de ser um procedimento relativamente popular, existem vários mitos em torno do assunto.

Por isso, nesse post resolvemos listar algumas verdades e mistos sobre a redução dos seios.

Não é indicada para mulheres que desejam engravidar – MITO

A redução da mama pode sim ser realizada por mulheres que desejam engravidar. A recomendação é apenas que a gravidez seja evitada nos primeiros 12 meses após o procedimento.

Isso porque, a cicatrizes pode aumentar e pigmentar por conta da gestação.

Não se deve tomar sol após a operação – VERDADE

Sim, um dos cuidados pós-operatórios desse procedimento cirúrgico é que a paciente não deve tomar sol. Isso porque o excesso de raios ultravioletas acaba estimulando a produção de melanina, o que pode deixar a cicatriz mais escura.

Por isso é recomendado que a paciente não tome sol por pelo menos 15 dias após o procedimento.

Quem tem piercing nos seios não pode fazer a cirurgia – MITO

As pacientes que possuem piercings nos seios podem sim realizar o procedimento. A única diferença é que elas precisarão tomar alguns cuidados adicionais.

Entre eles está a retirada desse tipo de acessório pelo menos 30 dias antes da realização da cirurgia. Além disso, após a redução da mama é necessário manter uma rotina de assepsia rigorosa na região.

É necessário usar um sutiã especial no pós-operatório – VERDADE

Sim, nesse tipo de cirurgia você precisa usar um sutiã especial após a realização do procedimento. A peça deve ter uma boa estrutura de suporte e precisa ser utilizada de dia e a noite.

Além disso, a paciente deve obrigatoriamente dormir apenas de barriga para cima durante a recuperação. Isso evitará complicações como o rompimento de pontos.
Porém, após 2 a 3 semanas, com recomendação médica, o sutiã pode ser trocado pelos convencionais.

Quem faz redução da mama não vai conseguir amamentar – MITO

As pacientes que realizaram a redução da mama podem sim amamentar. O que acontece é que em 5% dos casos, elas podem ter alguma dificuldade no processo, por conta da retirada de parte do tecido mamário e dos pedículos aureolados.

É necessário dar um tempo na prática de exercícios físicos – VERDADE

Sim, depois da redução da mama, você deve evitar realizar exercícios físicos por 4 a 6 semanas, pelo menos. Principalmente os movimentos que envolvam a região dos braços, como musculação.

A cirurgia deixa cicatrizes muito grandes – MITO

O tamanho da cicatriz irá variar conforme a quantidade de tecido retirado, bem como a técnica empregada durante a operação. De modo geral, a paciente ficará apenas com uma pequena cicatriz em torno da aréola.

Já em alguns casos é possível que ela seja no formato de T.

Caso você tenha mais alguma dúvida sobre a redução da mama, não deixe de procurar um especialista.