Com o verão chegando, a procura por lipoescultura e abdominoplastia cresce cada vez mais! Isso porque, muitas pessoas querem deixar o corpo definido e preparado para a época mais quente do ano 

Imagine retirar o excesso de gordura e ainda garantir um corpão definido? É isso mesmo que essas cirurgias prometem. E hoje vamos falar mais à fundo delas. Confira!!! 

Como funciona a lipoescultura e abdominoplastia? 

Antes de procurar um cirurgião plástico para realizar lipoescultura e abdominoplastia, é importante conhecer mais à fundo cada procedimento, e abaixo vamos explicar tudo sobre eles:  

Abdominoplastia

Esse é um procedimento que visa retirar o excesso de pele e flacidez na região da barriga. Contudo, ele é indicado apenas para quando não há excesso de gordura.  

Por conta disso, geralmente esse tipo de cirurgia é recomendada para pacientes que passaram por gestações ou que tiveram uma grande perda de peso. Através dele o paciente consegue ter a parede do abdômen restaurada, melhorando assim o contorno.   

Ou seja, esse não é um procedimento com foco em emagrecimento, mas em retirada de excesso de pele. Essa é a principal diferença da lipoescultura e abdominoplastia. 

Lipoaspiração/Lipoescultura 

Por sua vez, a lipoaspiração/ lipoescultura é um procedimento que tem como objetivo fazer a modelagem do corpo. Ela também não tem como fico o emagrecimento, mas, nesse caso, o que é retirado não é o excesso de pele, mas sim a gordura localizada. 

Um dos grandes diferenciais desse tipo de procedimento é que a gordura pode ser retirada de um lugar e reintroduzida em outras áreas. É muito comum, por exemplo, a retirada na região do abdômen e a introdução nos glúteos.  

É muito comum que a lipoescultura e abdominoplastia sejam realizadas em conjunto. Isso porque, dessa maneira é possível obter resultados ainda mais satisfatórios.  

Como é o pós-operatório? 

Uma dúvida recorrente entre os pacientes é sobre o pós-operatório da lipoescultura e abdominoplastia. De modo geral a recuperação demora entre 3 a 4 semanas para voltar a uma vida normal, porém o inchaço pode durar até 3 meses. 

Por conta disso que muita gente realiza esses procedimentos na primavera. Assim, corpo já estará totalmente recuperado no verão.  

Durante o período de recuperação o paciente não deve fazer muito esforço nas primeiras 3 semanas. Além disso, é preciso ter em mente que é comum que a região operada fique inchada e dolorida.  

Na primeira semana o ideal é repouso total. Depois disso, você pode voltar às suas atividades de maneira gradual.  

Durante o período de recuperação o paciente precisa usar uma cinta, para ajudar na aderência da pele aos músculos. Além disso, a maioria dos especialistas também indica a realização de sessões de drenagem linfática. Esse tipo de massagem vai ajudar a diminuir o excesso de líquidos na região.  

Os resultados podem ser vistos já nos primeiros 30 dias, mas eles ficam claros e definidos depois de alguns meses.  

Quer saber mais sobre as cirurgias plásticas de lipoescultura e abdominoplastia? Então não deixe de procurar um especialista nessa área. Assim você poderá obter todas as orientações e retirar todas as suas dúvidas.