Saber a diferença de ginecomastia e câncer de mama masculino é importante para os homens. Afinal de contas, por serem distúrbios distintos, eles são tratados de forma diferente.  

E como existe ainda um tabu em torno dos cuidados de saúde do homem, muitos só descobrem que estão sofrendo de um dos dois quando o estágio está avançado. Por isso, nesse post vamos explicar mais a fundo o que eles são.  

Qual a diferença entre ginecomastia e câncer de mama masculino? 

A ginecomastia e câncer de mama masculino são distúrbios distintos. E abaixo mostramos a diferença de cada um.  

Ginecomastia 

É um distúrbio caracterizado pelo crescimento anormal das mamas do homem. Geralmente ocorre na adolescência ou em fases de grandes alterações hormonais.  

Entre os fatores de risco para o surgimento dessa condição estão:  

  • Queda ou aumento de hormônios;  
  • Uso de drogas; 
  • Abuso de anabolizantes; 
  • Uso de determinados medicamentos por muito tempo 

Outra diferença entre ginecomastia e câncer de mama masculino é que na ginecomastia surge um tecido firme, mas com consistência elástica ao redor do mamilo.  Essa é uma doença que não é considerada grave, mas, que pode trazer alguns problemas estéticos e de autoestima para o homem.  

Ela pode ser tratada de diversas maneiras, incluindo o uso de remédios para normalizar a produção de hormônios e cirurgia.  

Câncer de mama

Mais uma diferença entre ginecomastia e câncer de mama masculino é que o câncer de mama é um tumor caracterizado pelo surgimento de nódulos duros nas mamas. Eles podem provocar retrações e até mesmo sangramentos. Geralmente, surge apenas em uma mama, enquanto a ginecomastia normalmente acomete ás duas.  

Apesar de ser raro, essa é uma doença (um caso de masculino para cada 100 femininos), ela é mais fatal. Em média, ela é fatal em 36% dos casos. 

Um dos fatores que acaba contribuinte com essa taxa alta é o tabu em torno da saúde masculina. Muitos homens ainda se recusam a ter uma rotina preventiva de visitas ao médico.  

Diagnóstico e tratamentos do câncer de mama masculino

O diagnóstico do câncer de mama masculino, assim como o feminino, é identificado através da mamografia. Além disso, o autoexame também é muito eficaz para a identificação de nódulos.  

O tratamento da doença também é nos mesmos moldes do câncer de mama feminino.  

É possível que o paciente tenha que fazer quimioterapia e/ou radioterapia para diminuir ou destruir o tumor que está localizado nas mamas. Em alguns estágios mais avançados, também é necessária a realização da cirurgia para remoção do nódulo. Nela, também é retirada parte da mama, e assim como no caso das mulheres o homem pode fazer a reconstrução. 

Além disso, é muito comum que alguns tratamentos possam ser feitos depois da cirurgia. O objetivo é normalizar a produção de células e hormônios, evitando assim que novos tumores surjam em outras regiões do corpo do homem.  

Agora que você já sabe a diferença entre ginecomastia e câncer de mama masculino, não deixe de consultar o seu médico periodicamente. Quanto antes esse tipo de distúrbio for identificado, maiores são as chances de cura.