As cirurgias plásticas, em especial a cirurgia facial, têm crescido cada vez mais no Brasil.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), houve um aumento de 23% na realização de procedimentos reconstrutores, e 8% nas intervenções para fins estéticos.

A verdade é que cada vez mais pessoas têm optado por esse tipo de alternativa, para ter mais saúde, qualidade de vida e bem-estar.

Contudo, muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre quais as opções disponíveis, quando o assunto é cirurgia no rosto. Se você é uma delas, continue lendo esse post. E confira os principais tipos de cirurgia facial que existem hoje em dia.

Principais tipos de cirurgia facial

Bichectomia

Popularmente conhecida como cirurgia para redução de bochechas, a Bichectomia é um procedimento cirúrgico, onde se retira parte da Bola ou Bolsa de Bichat, que é um compartimento de gordura que fica na região das bochechas.

Ela tem como principal objetivo, corrigir ou afinar o contorno do rosto.

Otoplastia

A cirurgia na orelha também é bastante comum. Ela visa corrigir a posição, forma ou proporções das orelhas.

Geralmente ela é realizada em quem já nasceu com alguma anormalidade na região, normalmente orelhas proeminentes ou em abano, ou teve deformidades causadas por lesão ou trauma.

Cirurgia de nariz

Outra cirurgia na face muito popular é a rinoplastia. Esse procedimento visa corrigir anormalidades estruturais, tamanho excessivo ou pequeno e muitas vezes ajustar a largura da base e da ponta junto com isso, corrigir dificuldades respiratórias, e também melhorar a aparência do nariz, trazendo assim mais harmonia para o rosto.

Cirurgia de pálpebra

A Blefaroplastia é um procedimento voltado para quem deseja rejuvenescer a área ao redor dos olhos. Isso porque, ela ajuda a melhorar a aparência das pálpebras, através da remoção do excesso de gordura, e a remoção de excesso de pele.

Lifting frontal

Esse procedimento tem como principal objetivo levantar a sobrancelha, amenizar linhas de expressão, vincos e rugas que ficam na região frontal baixa.

Com essa cirurgia facial também é possível elevar as sobrancelhas.

Cirurgia de queixo

Também conhecida como mentoplastia, esse tipo de cirurgia ajuda a remodelar o queixo, por meio de implantes e também de mudanças no próprio osso. Isso também ajuda na harmonia facial.

Enxertia de gordura em face

Enxertias de gordura são procedimentos amplamente procurados por quem deseja aumentar e volumar, bem como mudar características faciais específicas com segurança utilizando material do próprio corpo.

Tumores cutâneos

É uma cirurgia muito comum que é voltada para a retirada total ou parcial de lesões malignas ou benignas. Ela é um pouco mais complexa uma vez que é necessário respeitar as características da doença em questão.

Além disso, dentro desse tipo de procedimento também se enquadra a retirada de cistos, lipomas, nevos (pintas), siringomas, queloides entre outros tumores considerados benignos.

Já em relação a tumores malignos, entre os mais comuns estão:  melanoma, carcinoma basocelular, carcinoma epidermoide e espinocelular.

Lifting de sobrancelhas

É uma cirurgia facial que visa o reposicionamento e/ou elevação dos supercílios. Existem vários tipos de técnicas que podem ser usadas, dependendo dos objetivos do paciente.

Lifting facial

Também conhecida como ritidoplastia, ela visa o rejuvenescimento do rosto e pescoço, com tratamento de toda a área do terço médio inferior da face, principalmente reposicionamento dos tecidos abaixo da pele como a musculatura e o reposicionamento e ressecção da sobra de flacidez de pele, junto tratando a perda do tônus muscular. Junto com o lifting facial é muitas vezes realizado a combinação dos tratamentos acima, como a blefaroplastia, enxertia de gordura e usado o laser de CO² fracionado, um tratamento da pele para deixá-la com um aspecto mais juvenil.

Essas são, portanto, os principais tipos de cirurgia na face. Mas, independentemente da cirurgia facial desejada, o ideal é que procure um cirurgião especializado. Ele poderá te dar todas as orientações necessárias para definir o procedimento ideal para o seu caso.