A mastopexia com prótese é um procedimento cirúrgico amplamente buscado por mulheres de todas as idades.

Sejam mães que desejam ter o aspecto jovem dos seios novamente, ou mulheres que passaram por algum tipo de cirurgia de redução e querem trazer harmonia para a região novamente.

Através dessa cirurgia, é possível melhorar o aspecto de seios caídos e flácidos, tornando eles empinados e volumosos. Com esse procedimento, é possível retirar a pele flácida, bem como realizar a remodelagem das mamas, combinada com a colocação de próteses de silicone.

Continue lendo esse post e descubra para quem esse procedimento é indicado, bem como funciona o pós-operatório e quais cuidados tomar ao realizar uma mastopexia.

Confira!

Para quem a mastopexia com prótese é indicada?

A mastopexia com prótese  é indicada para pacientes que desejam melhorar o aspecto estético dos seios, como levantar e firmar o busto.

Ela também é indicada para pacientes que desejam reduzir a circunferência das aréolas, bem como corrigir assimetrias.

A mastopexia com prótese também é indicada para mulheres que tiveram uma grande perda de volume nos seios, seja por conta da amamentação, ou por uma perda de peso rápida.

A mastopexia com prótese é contraindicada em algum caso?

Sim, ela é desaconselhada em mulheres que desejam engravidar num curto prazo, ou pacientes com sobrepeso e pretendem perder peso após a cirurgia. Isso porque, as oscilações no peso corporal podem interferir diretamente nos resultados do procedimento.

Como é o Pós-operatório, resultados e cuidados desse procedimento cirúrgico?

Logo após a mastopexia com prótese, a região pode ficar inchada, e a cicatriz pode ficar levemente avermelhada nos dois primeiros meses, por conta da operação. Os resultados só irão aparecer mesmo depois de alguns meses depois do procedimento, eles alcançarão sua totalidade entre 6 e 12 meses depois.

É muito importante que a paciente que realiza esse tipo de cirurgia, siga corretamente todas as recomendações do pós-operatório. Somente assim será possível obter os resultados esperados, chegando ao resultado da renovação estética bem sucedida esperada e ter um resultado o mais duradouro possível.

Cuidados no pós-operatório

Uma das principais recomendações para mastopexia com prótese é o uso do sutiã cirúrgico continuamente por até 2 meses. Esse acessório é necessário para garantir a estabilidades dos seios e auxiliar na cicatrização e aderência da pele.

Além disso, durante todo o período de 10 a 14 dias a paciente deve dormir de barriga para cima, e também evitar movimentos excessivos do braço por esse período. Em alguns casos, o médico responsável pelo procedimento pode indicar em caso de um inchaço acima da média a realização de sessões de drenagem linfática.

A paciente também deve evitar exposição solar no primeiro mês após o procedimento. E caso saia, é essencial usar protetor solar, mesmo depois do período de recuperação.

Também é essencial manter uma alimentação balanceada e saudável durante o período. É recomendado que pacientes fumantes evitem ao máximo fumar durante esse período, uma vez que a nicotina pode afetar diretamente a cicatrização

O cirurgião também pode recomendar o uso de medicamentos para aliviar as dores e desconfortos típicos do pós-operatório. Eles devem ser ingeridos conforme as orientações médicas, e durante o período indicado.

Conclusão

A mastopexia com prótese é uma cirurgia delicada que para gerar os melhores resultados, precisa ser executada por um profissional da área. Por conta disso, não deixe de procurar um cirurgião plástico especializado, para receber todas as orientações necessárias.