O lifting no rosto é um procedimento cirúrgico que tem se tornado cada vez mais popular hoje em dia. Ele é voltado para quem deseja rejuvenescer a face, removendo o excesso de pele, a flacidez, e diminuindo o aspecto de rugas e marcas de expressão.

Também conhecido como ritidoplastia, ele é realizado no terço médio do rosto. Dessa maneira o cirurgião poderá reposicionar tanto a musculatura como o tecido facial, garantindo um visual mais firme e jovial para o rosto.

Continue lendo esse post e descubra quais são os tipos de lifting no rosto que existem hoje em dia e também aproveite para tirar algumas dúvidas sobre o assunto.

Quais são os tipos de lifting no rosto?

Existem vários tipos de lifting no rosto, e entender cada um é importante na hora de escolher o procedimento mais adequado para as suas necessidades. São eles:

Minilifting

Ele é um procedimento voltado para cicatrizes menores e que realiza deslocamentos igualmente pequenos.

Lifting temporal

Esse é um procedimento que tem como principal objetivo o levantamento da região temporal. Dessa forma o supercílio é reposicionado, trazendo um ar mais jovial para o rosto.

Lifting frontal

Também conhecido como lifting de testa, esse procedimento visa tratar as rugas da região da tenta.  De forma simples, esse processo se resume a uma aplicação de toxina botulínica que tem uma durabilidade superior.

Lifting cervicofacial

Nesse caso é tratada tanto a região da face como a do pescoço. Nele, os tecidos são devolvidos para suas posições originais tornando a silhueta mais jovial, por meio do tratamento do excesso de pele e flacidez.

Lifting endoscópico

Essa é um lifting de rosto que tem como principal diferencial o uso de um sistema óptico. Por meio dele o cirurgião pode realizar incisões menores, evitando limitar o descolamento.

Além disso, ele também se caracteriza por deixar cicatrizes bem menores e discretas.

Dúvidas frequentes sobre o lifting no rosto

Apesar de ser um tratamento cada vez mais popular, muitas pessoas ainda ficam em dúvida sobre o lifting no rosto. Entre as principais estão:

Qual o tempo de duração da cirurgia?

Em média esse tipo de procedimento dura entre duas e três horas.

Como é o pós-operatório?

O paciente terá que usar um curativo no máximo um dia. Além disso, uma bandagem é colocada para evitar o inchaço na face. Durante os três primeiros dias o paciente precisa ficar sob repouso absoluto. Apesar de ser um pós-operatório tranquilo, é importante fazer com frequência compressas frias. Depois de uma semana, o paciente já pode sair de casa; e, depois de duas, voltar a normalidade em sua vida social.

Quanto tempo o sol deve ser evitado?

Quem realiza o lifting no rosto deve evitar o sol por cerca de três meses. Além disso, sempre que sair ele deve usar um protetor solar de fator mínimo de 30.

Como é o acompanhamento

O acompanhamento médico dura por alguns meses. Isso porque é necessário verificar não só a cicatrização, mas a aderência do tecido deslocado.

Além disso, também é feito o registro fotográfico do paciente desde o pré-operatório até a recuperação total para que seja possível verificar a evolução dos resultados a cada nova etapa.

Se você deseja fazer um lifting no rosto, não deixe de procurar um especialista. Ele poderá te dar todas as orientações sobre o procedimento.