O verão está chegando e com ele muita gente começa a lembrar do “projeto verão” que ficou na gaveta. Acontece. Se esse é o seu caso, saiba que você não é a primeira e nem a última pessoa que passa por isso. Mas e agora, o que fazer caso o plano de ficar com a barriguinha sarada, as pernas torneadas e o corpo perfeito para esta fase? Pensando em você, a equipe do Dr. Thomas Benson separou 3 coisas que você pode fazer quando o projeto verão falha.

1. Não se culpe, reflita sobre a situação e planeje de novo
Praia, sol, calor e biquínis, época gostosa e agradável para curtir as férias. Se você planejou aproveitar tudo isso com o corpo sarado e o projeto verão falhou, calma! Agora não adianta fazer dietas malucas ou se colocar em risco para mudar tudo. Por isso, não se culpe. Reflita sobre a situação e planeje de novo. A tarefa pode ficar até mais fácil com a ajuda de um nutricionista e, se você já quer fazer uma cirurgia plástica, marque uma avaliação com o médico. Para eliminar as gordurinhas, procedimentos como abdominoplastia, lipoescultura e lipoaspiração são super válidos. Mas como tudo depende de você e do que você está sentindo, não hesite em conversar com o cirurgião. Afinal, essa é uma decisão que mexe não só com seu corpo mas com o psicológico também.

2. Dá para operar no verão com sucesso, sim
Muita gente tem receio de fazer uma cirurgia plástica no verão. Afinal, o paciente precisa de um tempo de repouso para se recuperar. As altas temperaturas podem gerar desconfortos como inchaço e outras dificuldades (principalmente para quem precisa usar cinta e faixas compressoras). De certa forma, o inverno é uma época propícia para fazer cirurgia, mas nada impede que você faça no verão. Se você está em férias, pense pelo lado positivo, afinal, você terá tempo de descansar. Graças à tecnologia, ar condicionado e ventilador podem ser bons companheiros nesta jornada e, apesar dos cuidados serem reforçados, seguindo todas as orientações médicas você terá bons resultados. Então, dá para operar no verão com sucesso, sim!

3. Pense em você e invista na escolha que te faz bem
Está tudo bem se você não conseguiu fazer aquela dieta ou modelar os seios, eliminar as manchas da pele ou seja lá o projeto verão que planejou. O nosso corpo é nosso templo. Não importa se o procedimento é cirúrgico ou não, colocar tudo no papel antes de qualquer decisão vai vai te deixar mais segura (o). Um bom cirurgião, que preza pela ética e saúde do paciente com certeza irá te apoiar. Afinal, seja na mesa da cirurgia ou no centro de estética, investir na escolha que te faz bem exige cumplicidade e confiança.